Jan 27

Carlos Marreiros

Artworks at the Lisboa Grand Palace-Deluxe Resorts & Casino, Cotai – Macao by Carlos Marreiros, Architect

Jan 26

Palácio das Especiarias

“O Atelier Troufa Real da Rua da Horta Seca transformado num Hotel de Charme. Fantástico. Onde foi feito o filme pela Universidade Aberta e nasceram grandes Projectos como o PP3 Zona Sul para a Expo 98 com os Professores Ribeiro Telles, Daciano Costa, Sá Nogueira, Fernando Conduto, Carlos Fernandes, Nunes da Silva.
Igrejas de S Francisco Xavier ,Miraflores ,Casas Portuguesas como da Aroeira etc.” , TR

Jan 25

UM ANO DE LEMBRA-TE ANGOLA – ALBERTO OLIVEIRA PINTO E JOÃO ALBERTO

Fonte: Alberto Oliveira Pinto

Jan 24

Edifício Écran por Troufa Real

Montagem realizada por Fernando Conduto.

Jan 21

Apresentação de Condolências

A Fundação FTR-Ukuma vem por este meio expressar as sinceras condolências à família enlutada e amigos.

Zeca Tirilene
Instrumentista dos Kiezos
20.01.2022

Jan 20

Anabela . Pde Colimão . TR . João Soares . Sá Machado

Almoço no restaurante “Nau do Restelo”, 19.01.2022

Jan 19

Cultura Lunda Cokwe inspira Fineza Teta

“O Caçador Ilunga” é o título da mais recente obra de pintura de acrílico sobre tela da artis-ta Fisty (Fineza) Teta, com a dimensão de 1.50 metros por 1.20 metros.
De acordo com a artista, “esta estatueta é símbolo de amor e resistência… A tradição oral dos Cokwe diz-nos que o velho Konde, soberano dos Lunda, na época fixados entre o Ka-lanyi e seu afluente Kasidishi, dentre os seus três filhos: Lweji, Cinyama e Cinguli, escolheu Lweji, a sua filha, para dar continuidade aos desígnios sócio-políticos da região”.

Conclui: “Com a morte de Konde, Lweji ascende ao poder, porém apaixona-se e casa-se com Cibinda Ilunga, caçador de grande mestria, filho mais novo do Soba, Luba, Kalala Ilunga. Esta união trouxe ao reino Lunda novas técnicas de caça, o que fez de Ilunga um jovem admirável à civilização Lunda”.

Fineza Teta nasceu a 26 de Dezembro de 1977 e é um dos rostos femininos mais conhecidos nas artes plásticas contemporâneas em Angola. Começou a criar alicerces no mundo das artes, no Instituto Nacional de Formação Artística e Cultural (INFAC), actualmente Escola Nacional de Artes Plásticas, onde fez a formação.
Em 2014, Fineza Teta participa pela terceira vez no prémio Ensa-Arte, onde foi a primeira mulher a vencer o Grande Prémio de Pintura, com a obra “Inquietação”. A sua obra “Vitória é Certa” está patente na exposição de escultura em prata, no Museu da Moeda, em Luanda, em homenagem aos 40 anos da Independência de Angola.

Fonte: Jornal de Angola

Jan 18

Neave Brown: Building a Piece of City

Mark Swenarton, organised by Experimental 17

Neave Brown is widely regarded as greatest housing architect of the twentieth century in Britain. In the 1960s and 70s he designed three street-based schemes in Camden that continue to command attention to this day. First came Winscombe Street, for a small housing co-op, and then the progressively larger Fleet Road and Alexandra Road, both for Camden council, to which he was recruited by the inspirational Sydney Cook. In these schemes Brown rejected the tabula rasa modernism of high rise and in its place proposed a new form of housing based on the streets and squares of eighteen-century London. This talk will look at the main elements of this radical approach and consider its relevance for today.

Mark Swenarton is an architectural historian and critic and the author of Cook’s Camden (2017). He was formerly founding editor of Architecture Today and head of the architecture school at Oxford Brookes University and is now emeritus professor of architecture at Liverpool University. His other books include Homes fit for Heroes(1981/2018) and Architecture and the Welfare State(2015).

Date: Friday 21 January 2022

Time: 13:00 – 14:00

Location: Zoom Book Now

Source: AA School of Architecture

Jan 17

Galeria do Pavilhão de Angola homenageia figuras das artes

A Galeria de Exposições Temporárias do Pavilhão de Angola, na Expo Dubai 2020, tem patente uma mostra colectiva para homenagear, a título póstumo, os artistas Paulino Damião “Kota 50’’, Eleutério Sanches e os mestres Makiesse e Kapela, com trabalhos de renome internacional.

A exposição, que fica disponível ao público até ao dia 24, procura colocar em evidência o trabalho feito, durante anos, por estes criadores, cuja obra teve e ainda tem forte impacto entre a nova geração de artistas.
Com nove obras de Eleutério Sanches, entre desenhos e pinturas, a mostra descreve-nos momentos de alquimia na cor e no traço do artista, assim como apresenta as esculturas em madeira do mestre Makiesse, cuja arte oferece uma leitura universal, na qual a estética é exibida pela simplicidade.

Fonte: Jornal de Angola

Artigos mais antigos «