Set 28

A formação intelectual de Agostinho Neto

O processo de formação intelectual de Agostinho Neto tem uma dimensão ética que se analisa em virtudes constitutivas da sua condição de intelectual orgânico. A avaliação de tais qualidades exige um conhecimento da genealogia do seu pensamento cultural
O momento genealógico inicial situa-se na década de 40 do século XX. Pode ser observado em dois textos de opinião, publicados em “O Estandarte”, jornal da Igreja Metodista, nomeadamente “A Nova Ordem Começa em Nossa Casa” e “A Paz que Queremos”, entre 1944 e 1945. Mas é com “Instrução ao Nativo”, publicado igualmente em “O Estandarte” em 1945 e com “Uma causa psicológica: A ‘Marcha’ para o Exterior” e “Uma Necessidade”, publicados no jornal “O Farolim”, em 1946, que o discurso nacionalista revela as marcas do nativismo angolano das primeiras décadas do século XX. Justifica-se, por issso, o desenvolvimento de uma abordagem que privilegie o quadro mais amplo da história intelectual de Angola.

Agostinho Neto nasceu às cinco horas do dia 17 de Setembro de 1922 em Kaxicane, localidade da circunscrição civil de Icolo e Bengo cuja sede se encontrava situada em Catete. Nessa data, o pai, Agostinho Pedro Neto, era pastor da chamada “Missão Americana de Luanda”, tendo sido ordenado presbítero em 1925. Em 1930 a família fixa residência no Bairro Operário, em Luanda, onde seu pai assumiria a responsabilidade de chefiar o colectivo local de pastores da Igreja Metodista.

Fonte: Jornal de Angola

Set 25

23ª edição do Festival da Canção de Luanda exalta tecnologias

A 23ª edição do Festival da Canção de Luanda acontece hoje, às 21h00, no Centro de Produção da TPA, no Camana, em Luanda, e homenageia as novas tecnologias de informação e comunicação no formato de programa de televisão “live”, numa rapsódia interpretada por artistas consagrados do mercado nacional.

Fonte: Jornal de Angola

Set 24

Clotilde Rosa

Lançamento do livro: Clotilde Rosa In Memoriam 1930 – 2017

Set 23

Dia do lançamento do livro de homenagem a Clotilde Rosa

Set 22

Romeu Miranda abre projecto “Canções da Sagrada Esperança”

A primeira edição do projecto, “Canções da Sagrada Esperança”,decorre nos dias 24 e 25 no Parque da Independência, sob o lema, “Versos cantados da poesia de Agostinho Neto”. Para o cruzamento da trilogia, poesia, música e literatura que se pretende de periodicidade anual, foram convidados dez jovens trovadores, incluindo o consagrado cantor e compositor Dom Caetano, que vão interpretar canções sobre textos poéticos de Agostinho Neto, 1922-1979, retirados do livro épico e clássico da literatura angolana, “Sagrada Esperança”, daí a designação homónima do projecto.

Fonte: Jornal de Angola

Set 21

Liana Bernardo

Liana Davyes Bernardo BA (Hons) Photography 2020

As a Luso-African black woman, the history I was taught about my ancestors was visually white-washed, theoretically glorified and held Eurocentric values which felt impersonal and inaccurate in comparison to the history my mother and father passed onto me. Learning about my cultures through an outdated, one-sided, imperialist history curriculum resulted in a feeling of overall superioty toward & wrong notion of aboriginal cultures and their contributions to our lives and the world and essentially, like most of us, I grew up believing my ancestors were uneducated, primitive beings whose only purpose was to provide and survive forced labour.

The god in You is a short documentary series explores the other side of history. It looks at African, Asian and Latino aboriginal and ancient cultures and their traditional spiritual practices and beliefs as well as the deities deriving from each culture. The aim is to educate people on the non-Eurocentric side of our history and to let PoC and everyone else know about the depth of richness, vibrancy and divinity our ancestors and cultures possess.

Source: Manchester School of Art

Set 21

Parabéns, Liana Bernardo!

Parabéns pela exibição do seu trabalho em Londres na Times Square, no gigante ecrã do Picaddily Circus.

Liana Bernardo
Finalista na Licenciatura em fotografia na School of Arts da Manchester Metropolitan University.
Neta do General “Kinjinji” e filha de Amilcar Bernardo, um dos Fundadores da Fundação Troufa Real- Ukuma, Angola.


Set 18

Exposição retrata Neto e o universo feminino

A vida e obra do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, e o seu impacto no universo feminino são os principais enfoques da exposição de pintura de Gelson Pedro, a ser inaugurada amanhã, às 14h30, no hall da Galeria dos Desportos, no Complexo da Cidadela, em Luanda.

Fonte: Jornal de Angola

Set 17

Três nascimentos: Clotilde Rosa . Jorge Peixinho . GMCL

Três nascimentos: Clotilde Rosa 90 anos (n.1930); Jorge Peixinho 80 anos (n.1940); GMCL 50 anos (n. 1970)
O’culto da Ajuda, Lisboa
18 de setembro | a partir das 18h00
18h00 – Lançamento dos livros: GMCL-50 anos e Clotilde Rosa in memoriam
21h00 – Concerto I (Solistas)
21h30 – Concerto II (GMCL)

direcção: Adriano Martinolli d’Arci, Christopher Bochmann, Rui Pinheiro, Tiago Oliveira

Programa I:
Clotilde Rosa – Canto Lunar (2012) (1)
Jorge Peixinho – Estudo II (1970) (2)
Clotilde Rosa – Model for John (2000) (3)

Programa II:
Isabel Soveral – Keep Invention in a noted weed (2011) §
Constança Capdeville – DI LONTAN FA SPECCHIO IL MARE (1989)
Clotilde Rosa – El vaso reluciente (2003) §
Jorge Peixinho – Llanto por Mariana (1986) ±

(1) Guitarra – Paulo Amorim
(2) Piano – Ana Telles
(3) Piano – Anne Kaasa

§ – encomenda GMCL
± – encomenda FCG para o Festival Spaziomusica ’86

Fonte: Grupo Música Contemporânea Lisboa

Artigos mais antigos «