Mar 02

“Dupla Ela” estreia recital no Centro Brasil-Angola

O grupo feminino de poesia composto por Hitila Vancice e Sankofa estreia sábado, às 19h00, no Centro Cultural Brasil-Angola, o recital de spoken word, “O Kanto D’Ela”.

“O Kanto D’Ela” é um espectáculo de voz e som. Diferente das apresentações habituais, o grupo será acompanhado por uma banda, durante o espectáculo.
Dois momentos irão definir a noite como o Muxima (coração, na língua nacional kimbundu), na qual as performances serão sobre textos que expressam sentimentos amorosos. Já o segundo momento será dedicado a debates sociais e intervenções, momento este denominado por Menha (água, também na língua nacional kimbundu), detalha, em nota de imprensa, Hitila Vanice, integrante do grupo.

Fonte: Jornal de Angola

Mar 01

Provérbio, género ensaístico oral

O ensaio é um bom tema de conversa. É um genéro pelo qual me apaixonei, definitivamente, após a leitura do “Roteiro da Literatura Angolana” de Carlos Ervedosa, ainda nos tempos de estudante do Liceu de Benguela. Mais tarde, li os textos de Mário Pinto de Andrade, Costa Andrade (Ndunduma) e de Mário António. Mas as minhas inquietações residiam na resposta acerca do reconhecimento do texto oral e legitimação das suas formas discursivas.

Fonte: Jornal de Angola

Fev 26

Mostra fotográfica expõe artefactos antigos do Carnaval

Uma exposição fotográfica e de artefactos do Carnaval está patente até domingo na galeria de artes afecta ao Gabinete da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos, no Cunene.
A exposição é colectiva, numa retrospectiva das edições anteriores do Carnaval feito na província do Cunene, e decorre sob o tema “Carnaval, expressão da identidade e diversidade cultural”.

Fonte: Jornal de Angola

Fev 25

“AfriComics” encoraja uso da banda desenhada

O Goethe-Institut, na África Subsariana, está a elaborar um projecto regional denominado “AfriComics”, destinado a 11 países da região, com o objectivo de promover e encorajar o uso da banda desenhada (graphic novels) como meio de expressão artística, social e cultural.

O Goethe-Institut Angola convida os artistas a enviarem ideias por vídeos curtos (10 minutos no máximo) sobre a banda desenhada em Angola. As ideias devem ser submetidas até ao dia 7 de Março de 2021, num único documento PDF para o Goethe-Institut Angola: Arno.holl@goethe.de. O Goethe-Institut está a planear a realização de seminários com artistas de banda desenhada tanto africanos como alemães, e também uma publicação. O tema fundamental é a vivência quotidiana nos respectivos países, reflectida por meio da banda desenhada.

Fonte: Jornal de Angola

Fev 24

Ondjaki em debate online com Marcelino Freire

O Centro Cultural Brasil-Angola (CCBA), em Luanda, inicia hoje, às 18h00, na sua página de Facebook, um Ciclo de Lives – “Puxa-Palavra” com a presença de escritores angolanos e brasileiros, no âmbito da actividade “Puxa-Palavra” online.
A primeira conversa ao vivo será entre o escritores brasileiro Marcelino Freire e o angolano Ondjaki, com a mediação de Kaio Carmona, professor-leitor brasileiro em Angola. Duas experiências, uma conversa, com as palavras escritas de cá e de lá.
Ndalu de Almeida, popularmente conhecido como Ondjaki, é um poeta e escritor angolano, nascido em Luanda a 5 de Julho de 1977.

Fonte: Jornal de Angola

Fev 23

Casa de Angola na Bahia promove “live” de debate

A segunda live “Cultura e Diáspora: Artistas Angolanos e a Produção Cultural no Brasil”, promovida pela Embaixada de Angola no Brasil e a Casa de Angola na Bahia, vai ser realizada na quinta-feira, na página do Facebook da Casa de Angola (@centroculturalcasadeangolanabahia), às 20h00 locais.

Fonte: Jornal de Angola

Fev 22

Cabinda vai criar espaços para a realização da festa

A província de Cabinda vai contar, este ano, com recintos culturais apropriados para a realização da festa de Carnaval, revelou, ontem, o vice-governador para o Sector Político e Social, Miguel dos Santos de Oliveira.
Em declarações à imprensa, Miguel Oliveira disse que a par da construção de espaços culturais, o Governo da província de Cabinda tem, igualmente, em carteira a implementação de um projecto que visa melhorar a forma como se deve organizar a festa de Carnaval na província, uma manifestação cultural que contribua para o resgate dos valores morais e cívicos nas populações.

Fonte: Jornal de Angola

Fev 19

Colonialist heritage and Environmental injustice

The crisis we are facing today links social and ecological injustice to colonial heritage. For centuries now, it has been common practice for Western countries to dictate to so-called developing countries how to farm their land, construct their buildings, rule their people, manage their economies. Neoliberal political systems inherited from colonisation have an intrinsic role within the climate crisis. But colonisation is not a thing of the past, it lingers on and the power dynamic between countries and their people tend to silence voices and destroy the planet in the process.

Joycelyn Longdon is a current MRes + PhD candidate on the AI for Environmental Risk program at the University of Cambridge, looking at integrating indigenous knowledge into tech-driven solutions for climate change. She is also the founder of Climate in Colour, a platform at the intersection of climate science and social justice as well as Creative Director at Black on Black Creative.

AAction Lunchtime Lectures
Date: Wednesday 24 February 2021
Time: 13:00

Book Now

Source: AA School of Architecture

Fev 18

Idimakaji comemora aniversário com várias actividades culturais

O grupo Idimakaji está a realizar várias actividades so-cioculturais e artísticas, em Luanda, que vão encerrar com um encontro de reflexão e confraternização sobre a “Música Folclórica Nacional” na primeira quinzena de Março para saudar o seu 24º aniversário, comemorado no dia 12 do corrente mês.

Fonte: Jornal de Angola

Artigos mais antigos «